As ostras de Florianópolis

Tempo de leitura: 1 minuto

Se há alguns anos o sabor das ostras era pouco conhecido no Brasil, hoje a realidade é bem diferente. São milhares de brasileiros apaixonados pelo sabor nobre e marcante desse molusco que virou uma verdadeira iguaria da culinária brasileira. A popularização do consumo de ostras foi, em grande parte, conseguida graças ao trabalho desenvolvido em parceria entre a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e o governo do Estado como alternativa de renda aos pescadores catarinenses. Atualmente, 70% das ostras consumidas no país têm origem na cidade de Florianópolis, a maior produtora brasileira do molusco.

Em termos de mundo, a França é líder de produção e domina as tecnologias para o cultivo, porém lá as águas são seis metros mais fundas do que o ideal, e não têm nutrientes suficiente. Para se ter uma ideia, a ostra produzida em Florianópolis cresce em seis meses o que as ostras da França crescem em três anos!

Não é a toa que é cada vez maior o número de restaurantes que servem a iguaria na capital catarinense. Preparadas ao bafo, cruas, ao viangrete ou gratinadas, as ostras podem ser degustadas de acordo com a preferência do freguês. Também tem risoto, pastel, coquiles e muito mais. Há locais que servem, inclusive, rodízio de ostras. Um prato cheio para os apaixonados por esse sabor.

Ir a Florianópolis e não experimentar uma ostra é “falta grave”.  Os turistas podem encontrar restaurantes especializados em frutos do mar, e em ostras, é claro, em diversos bairros da cidade, mas principalmente no Ribeirão da Ilha (Sul), Santo Antônio de Lisboa (Norte) e no Mercado Público Municipal, no Centro da cidade.

E aí, ficou com água na boca?

Garanta já sua passagem barata para visitar Florianópolis e se encante com os sabores e com as belezas da cidade. Compre sua passagem com milhas de terceiros do Smiles GOL, TAM Fidelidade ou TudoAzul, clicando aqui. Comprar passagens com milhas é muito mais econômico para quem viaja longos trechos.

Banner 4 - Milhas Aéreas