7 ações que sua agência precisa tomar agora pra se manter no mercado

Tempo de leitura: 4 minutos

Será que sua agência de viagens está pronta para encarar os desafios e manter-se no mercado nessa época de crise? Listamos 7 ações para você tomar agora em sua agência para passar por esse momento de turbulência sem grandes consequências.  Boa leitura!

1 – Reduzir custos: em época de crise, todo gasto supérfluo não só pode como deve ser cortado. Por isso, coloque em uma planilha todos os gastos de sua empresa e enumere aqueles que são extremamente essenciais para o bom funcionamento do trabalho. Os outros gastos devem passar por mudanças ou reformulações de acordo com a realidade financeira da agência. Algumas vezes é mais vantajoso terceirizar, outras vezes mudar de endereço, de operadora de celular, reduzir o número de colaboradores, enfim… descubra se você tem gastos desnecessários e reduza custos urgentemente.

2 – Otimizar as funções da equipe: talvez em outros tempos você pudesse se dar ao luxo de ter um funcionário só para atender ao telefone, outro só para fazer pós-vendas, outro para cuidar da comunicação e um exclusivo para determinado cliente. O problema é que o cenário econômico do nosso país mudou e se sua agência também foi afetada pela crise, chegou a hora de você rever as funções de cada membro de sua equipe. Ao otimizar o trabalho de cada um, você pode reduzir custos sem perder a qualidade do serviço oferecido aos clientes. Envolva a sua equipe nessas mudanças e mostre que cada um tem papel fundamental nesse processo de remodelação do negócio.

3 – Planejamento de custos e ganhos com gatilhos de ações: em tempos difíceis, a regra é planejar.  Faça uma previsão de gastos, de vendas e de faturamento para o semestre ou para o ano. Trace metas reais e estipule gatilhos de ações para quando as metas forem cumpridas. Por exemplo: quer uma sala maior? Coloque esse gatilho como recompensa de uma meta. Precisa contratar mais um funcionário? Faça isso quando atingir o faturamento determinado. Pense, aja com sabedoria  e atinja seus objetivos com planejamento.

4 – Aumento da margem de lucro: não consegue mais vender o mesmo número de passagens e pacotes que antes da crise? Então o jeito é trabalhar para aumentar sua margem de lucro. E aqui não estamos falando em vender passagens mais caras ao seu cliente… muito pelo contrário! Estamos falando em ter melhores fornecedores e, assim, fazer negociações em que todos saem ganhando.  Em termos de passagens, a solução mais inteligente é fazer parcerias com empresas como o MilhasAereas.net, que oferecem passagens com descontos de até 80%, permitindo que suas agências parceiras façam suas próprias cotações e definam sua margem de lucro sem qualquer interferência. Para saber mais sobre esse tipo de parceria, clique aqui.

  1. Cada cotação, um problema a ser resolvido: diferencie-se! Numa época que a OTA´s invadiram o mercado de compra e venda de passagens aéreas e pacotes turísticos, as agências de viagens precisam mostrar porque são essenciais para quem busca viajar com qualidade e segurança. Treine seus agentes de viagens para oferecerem o melhor atendimento sempre. É preciso saber ouvir e entender o que é mais importante para o cliente. Será que ele busca o melhor preço? Ou preza pelo conforto da aeronave? Ele tem pressa para chegar ao destino? Ou prefere fazer uma conexão para relaxar por algumas horas? Oferecer as opções dentro do que o cliente procura e deseja é um diferencial que só as agências de viagem podem oferecer. Por isso, ouse ser o melhor, ouse ser indispensável!

 6 – Entrar na era digital: você não precisa ter um sistema próprio de vendas de passagem online, até porque isso requer muitos investimentos, mas nem por isso você pode permitir que sua agência esteja fora da Internet. Marque presença online sempre. Invista em mídias mais baratas como as redes sociais (Facebook, G+, Twitter, Instagram entre outras) e mostre-se aos seus clientes e potenciais clientes. Ficar escondido atrás de um telefone ou de um endereço fixo em plena era digital pode fazer com que sua agência caia no esquecimento. Conecte-se! Apareça!

7 – Trazer soluções para os clientes: ouça o seu cliente e ofereça aquilo que ele procura. Apresente soluções inteligentes que façam com que ele tenha a certeza de ter feito a melhor escolha quando contratou sua agência para realizar uma viagem. Pesquise, troque ideias, mostre alternativas. Não ofereça a ele apenas aquilo que ele poderia encontrar no Google. Seja essencial!